Menssagem de erro

  • Warning: Illegal string offset 'field' em DatabaseCondition->__clone() (linha 1901 de /home3/dippymai/public_html/getbrainstormed/includes/database/query.inc).
  • Warning: Illegal string offset 'field' em DatabaseCondition->__clone() (linha 1901 de /home3/dippymai/public_html/getbrainstormed/includes/database/query.inc).
  • Warning: Illegal string offset 'field' em DatabaseCondition->__clone() (linha 1901 de /home3/dippymai/public_html/getbrainstormed/includes/database/query.inc).
  • Warning: Illegal string offset 'field' em DatabaseCondition->__clone() (linha 1901 de /home3/dippymai/public_html/getbrainstormed/includes/database/query.inc).
  • Warning: Illegal string offset 'field' em DatabaseCondition->__clone() (linha 1901 de /home3/dippymai/public_html/getbrainstormed/includes/database/query.inc).
  • Warning: Illegal string offset 'field' em DatabaseCondition->__clone() (linha 1901 de /home3/dippymai/public_html/getbrainstormed/includes/database/query.inc).

Artigo

Por que nos sentimos tristes

Tem dias que você acorda triste e, na verdade, a culpa é do seu cérebro, aquele sacana preguiçoso, porque ele não metabolizou alguma coisa que deveria, ou por que ele não mandou fabricar alguma substância vital para sua felicidade.
 
Se fosse só isso, tudo bem: ele admitiria o erro, você ficaria triste por um tempo mas ele iria concertar o problema e, mais importante de tudo, você SABERIA porque está triste de verdade. Mas não assim que as coisas funcionam. Seu cérebro é um salafrário tratante. Ele comete o erro e, ainda por cima, não tem coragem de admitir. Então, o que ele faz? Começa a dar desculpas. As mais esfarrapas possíveis. Imagine a cena. Você acorda. Primeira acha que vai ser um bom dia, mas então começa a perceber que alguma coisa está errada, mas não sabe exatamente o que. Seu cérebro, muito prestativo, tenta te ajudar e diz: "Hey amigão, sabe o que está errado? É que você não está feliz. Na verdade, você está triste pra cacete. Percebeu?".
 
Nessa altura do campeonato, é claro, você já percebeu que está triste e que seu bom dia vai ser, na melhor das hipóteses, uma droga. E é ai que você pensa: "mas por que diabos eu estou triste? Ontem eu dormi bem, não tenho nenhum grande problema pra resolver, o que será, hein cérebro?".
 
A primeira coisa que o cérebro, seu amigão, pensa é: “Ih, fudeu! Não posso deixar esse mané descobrir que a culpa é minha nem ferrando”. Logo em seguida ele já vira pra memória e fala “Hei, memória, tem alguma lembrança bem triste fácil ai?” no que a memória responde: “Deixa eu ver aqui... Ah! Eu tenho uma que estava pra jogar fora, olha aqui: lembra daquela menina por quem ele era apaixonado no colegial e que nunca deu bola pra ele?”
 
Todo feliz o cérebro responde “Ótimo, ótimo! Isso vai servir pra distrair ele! Deixa eu mandar isso pro consciente dele enquanto você procura outra coisa”.
 
E é ai que começa. Depois de algum tempo você percebe que não precisa mais ficar triste por causa de amores do passado, e o cérebro começa a jogar outros motivos pra sua tristeza atual: inseguranças da adolescência, fracassos profissionais, vergonhas em público, erros vergonhosos... E a cada erro você fica mais e mais triste. No fim do dia você já repassou mentalmente praticamente todas as coisas da sua vida que te fizeram triste. Exausto, você dorme, sem se dar conta que foi enganado pelo cérebro.
 
De novo.

Tags: 

Sobre

Sobre mim

Olá, sejam bem vindos! Eu sou o Andre Martins e serei seu anfitrião aqui no GetBrainstormed.
Suponho (já que você está lendo este texto) que você deve estar se perguntando "quem está por traz dos artigos deste site?". Fico feliz que você tenha perguntado! Somos pessoas que, assim como você...

Saiba mais

Facebook Connect